‘Intervenção total’  Igreja de S. Francisco

Por em 8 de Novembro de 2017
DR

A igreja de São Francisco, na Arquidiocese de Évora, tem patente uma exposição fotográfica dos bastidores da “empreitada sem precedentes” que foram as “obras de reforço estrutural, acessibilidades, iluminação, reabilitação e conservação e restauro”, até ao mês de dezembro.

A Igreja registava diversas fendas nos tetos resultantes do terramoto de 1755 e a Capela dos Ossos que alberga no interior do seu espaço conventual foi também objeto de uma intervenção que limpou de reforçou todas as estruturas osteológicas.

Desta intervenção nascem ainda novos espaços: Uma galeria que circunda as paredes da igreja, as celas dos monges que vão acolher um museu de arte sacra.

Uma novidade neste espaço é um painel da autoria de Siza Vieira que representa um hino à vida e foi colocado diante da entrada da Capela dos Ossos para que, quem sai deste ambiente marcado pelos sinais da morte, dê de caras com uma imagem que celebra a vida humana.

Todos os altares, esculturas, pinturas, talha e frescos foram objeto de conservação e o processo envolveu 11 especialidades de restauro e contou com uma equipa muito jovem.

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.