SEREIA MOBILE no Centro de Arte e Cultura

Por em 22 de Março de 2018
DR

Inaugura, no dia 24 de março, sábado, a exposição SEREIA MOBILE.

É uma criação de António Bexiga e Cristina Viana para o Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida, e faz parte um projeto de residência artística com o nome de trabalho “quando as sereias são pássaros [encantamento#memória-peixe#ilusão]”.

Esta exposição audiovisual e interativa, que pode ser visitada até ao dia 1 de julho, resulta de processos criativos em família, em contexto de oficina de construção de ‘sereias voadoras’.

O projeto está a ser desenvolvido em articulação com o Serviço Educativo da Fundação.

 

António Bexiga [Évora, 1976]

Toca guitarra, piano, viola campaniça, cavaquinho, bandolim, percussões tradicionais e inventadas. Acústico e elétrico. Analógico e digital. Compositor, arranjador e produtor, tem trabalhos em cinema, teatro, dança contemporânea, teatro de marionetas e performance.

Faz oficinas regulares de exploração sonora e criatividade musical, construção de instrumentos e estratégias de composição instantânea e colaborativa.

Investiga o canto das sereias-pássaro, a sua técnica vocal e movimentos migratórios.

Foto de Fábio Augusto

 

Cristina Viana [Lagos, 1984]

A Cristina faz ilustrações e pinturas. Às vezes em papel com aguarelas como se fossem guaches, com tinta da china ou tintas feitas na china, com lápis ou canetas de feltro e outras vezes com uma caneta sem tinta que, ligada ao computador, mostra, numa parede ou pano, o desenho criado ao vivo.

Estuda anatomia e comportamento de sereias-pássaro desde 2017.

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.