Azeitona e cereais com forte quebra de produção

Por em 11 de Março de 2017
DR

O Instituto Nacional de Estatística estima uma quebra de 30% na produção de azeitona na campanha 2016/2017, terminada a 31 de janeiro deste ano, face à campanha anterior e afirma que a quebra na produção de cereais é, nesta produção de 2016, das maiores dos últimos 30 anos. Apenas 130 mil Ha.

As causas são sobretudo de ordem climatérica – chuvas tardias até maio e calor prolongado para lá do verão – mas também por se estar num ano de contra-safra (alternância anual de produção dos olivais. A seguir a um ano bom, segue-se sempre outro menos produtivo).

Já nos os cereais de outono/inverno, regista-se uma diminuição generalizada das áreas instaladas face à campanha anterior, variando entre os -15% no trigo duro e os -5% no centeio. O INE refere ainda que “o desenvolvimento vegetativo das searas abrandou bastante com o frio intenso e com a falta de chuva, situação que se foi invertendo a partir da última
semana de janeiro”.

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.