Socialistas eborenses debatem Acção Social

Por em 22 de Janeiro de 2015

Em sessão aberta ao público, realizada no dia 16 , os socialistas eborenses debateram a Ação Social:Desafios e respostas, na matriz  das principais questões sociais que estão na preocupação central dos cidadãos.

 

O secretário-coordenador da secção de Évora do PS, Martinho Murteira, referiu, como preâmbulo que introduziu a sessão, que “para fazer bem é necessário ouvir quem lida diariamente com estas questões, tantos os profissionais como os beneficiários, e que o PS há muito se afastou da ideia de assistencialismo do estado. Os problemas sociais são cada vez mais complexos e o momento exige uma resposta integrada e inovadora que envolva todos os intervenientes, o estado as instituições e os cidadãos”.

Com a missão de ouvir os participantes foram colocadas as seguintes questões: O que tem resultado? O que não funciona? Quais as questões para as quais não há resposta? Como capacitar instituições e comunidades a ir além das respostas clássicas e tantas vezes inadequadas?

O debate contou ainda com 4 oradores: Henrique Troncho, que traçou o percurso da segurança social no regime democrático; Maria José Capucho, que abordou as respostas integradas na luta contra a toxicodependência; Silvino Costa, vereador do PS à Câmara Municipal de Évora, que apresentou uma reflexão de âmbito municipal no que concerne ao papel relevante do associativismo; e Bravo Nico, deputado do PS pelo círculo eleitoral de Évora, que abordou as políticas nacionais atuais e a intervenção social comunitária.

 

ps

Os trabalhos foram encerrados pelo Presidente da Federação de Évora do PS, Capoulas Santos, que salientou “que a prática política do PS sempre se tem pautado pela vinculação jurídica e legal da assunção de direitos sociais e que nesta matéria os governos do PS deixaram uma forte marca socialista, assistindo-se agora ao desmantelamento do estado social promovido pelo governo de coligação PSD/CDS”.

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.