Parque de feiras e exposições de Beja deve contribuir para a afirmação de Beja

Por em 13 de Dezembro de 2012

É importante a afirmação de Beja como centro de feiras e outros eventos do Sul para a estratégia de desenvolvimento do concelho, para o que o Parque de Feiras e Exposições constitui um instrumento fundamental.

Ao criar uma empresa para a gestão do Parque de Feiras e Exposições a Câmara Municipal de Beja terá entendido fazer aquela gestão de forma autónoma, profissional e com controlo das contas próprias.

Ao fazê-lo, com um parceiro privado, uma associação empresarial, terá procurado aproveitar a sua dinâmica, conhecimento e experiência da organização da OVIBEJA, que teve uma influência determinante na criação do Parque de Feiras e Exposições.

Tendo decidido extinguir a EXPOBEJA, importa definir qual o mais adequado modelo de gestão para o Parque de Feiras e Exposições de Beja.

Tendo em conta que:

1. O movimento “Por Beja com todos” entende que as autarquias devem criar condições favoráveis à instalação e funcionamento de empresas, que criem postos de trabalho e produzam riqueza, não devendo fazer-lhes concorrência nem substitui-las nas áreas para que estão especialmente vocacionadas;

2. A ACOS criou, desenvolveu e afirmou a OVIBEJA não só como a grande feira do Sul mas também como uma das maiores feiras do país, cujo reconhecimento criou as condições propiciadoras dos financiamentos que viabilizaram a construção do Parque de Feiras e Exposições;

3. A ACOS, para além da capacidade reconhecida na organização de feiras (OVIBEJA e RURALBEJA, cuja organização lhe foi retirada pela Câmara Municipal de Beja, com as consequências conhecidas), tem uma capacidade empreendedora e realizadora igualmente reconhecida, constituindo um dos principais agentes de desenvolvimento da região;

4. A gestão do Parque de Feiras e Exposições como mais um equipamento da e pela Câmara Municipal de Beja não contribuiria para uma melhor racionalização da sua gestão nem para a sua dinamização, não se alcançando, por essa via, nem os objetivos anunciados para a extinção da EXPOBEJA nem a afirmação de Beja como centro de feiras e outros eventos do Sul;

O movimento “Por Beja com todos” propõe que a gestão do Parque de Feiras e Exposições de Beja deve ser assegurada pela ACOS, mediante um protocolo celebrado entre o Município de Beja e a Associação de Agricultores do Sul, que garanta a manutenção e a dinamização daquele Parque, de forma a contribuir para a afirmação de Beja como centro de feiras e outros eventos do Sul, com respeito pelo interesse público e o apoio empenhado da Câmara Municipal de Beja.

 

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.