Cendrev acolhe no teatro Garcia de Resende espectáculo brasileiro aclamado pela crítica

Por em 13 de Dezembro de 2012

Oportunidade única para assistir a um dos mais aclamados espectáculos de teatro do Brasil dos últimos anos, que se mantém em cena desde 2010. “12 homens e uma sentença”, de Reginald Rose, em Évora dia 14 de Dezembro às 21,30 horas no TGR.

Com encenação de Eduardo Tolentino (director do Grupo TAPA, de São Paulo), “12 homens” ganhou em 2010 o Prémio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) para melhor espectáculo do ano e foi nomeado para duas categorias do Prémio Shell (melhor encenador e melhor actor). Desde então, conta com mais de 300 apresentações e mais de 100 mil espectadores. Chega agora a Portugal, numa digressão que inclui Lisboa (por iniciativa do Ano do Brasil em Portugal) e as cidades de Coimbra, Braga e Évora, numa parceria entre a Cena Lusófona e a rede Culturbe.

Originalmente escrita para teatro televisivo, a peça viria a ficar famosa pela sua adaptação ao cinema no filme “Doze homens em fúria” (“12 angry men”), realizado em 1957 por Sidney Lumet, com Henry Fonda como actor e produtor.

Numa sala fechada, doze jurados devem decidir se condenam ou não à morte na cadeira eléctrica um jovem acusado de assassinar o pai. Desenvolve-se a partir daí um surpreendente e fascinante exercício de argumentação e de conflito entre os 12 homens.

O que parecia uma decisão fácil e rápida de tomar, com a unanimidade garantida, torna-se afinal bem mais complexo, a partir do momento em que um dos jurados questiona o senso comum e começa a levantar dúvidas.

Ao mesmo tempo, vão sendo expostos os preconceitos de cada um dos jurados e a fragilidade das certezas absolutas na base das quais são tantas vezes tomadas decisões, na justiça como na política. É um espectáculo “contra a burrice da unanimidade”, que mostra como “as dúvidas razoáveis são bem mais interessantes dos que as verdades aparentes”, afirma o encenador.

Encenação: Eduardo Tolentino

Elenco: Adriano Bedin, Brian Penido, Ricardo Dantas, Zé Carlos Machado, Oswaldo Mendes, Augusto Cesar, Fernando Medeiros, Haroldo Ferrari, Henri Pagnocelli, Oswaldo Ávila, Riba Carlovich, Gustavo Trestini e Ivo Muller

 

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.