Pico em Abril

Por em 21 de Março de 2020
DR

O pico da curva epidémica do surto do novo coronavírus em Portugal deve ocorrer “à volta do dia 14 de Abril”, tendo em conta a evolução dos casos e as estimativas epidemiológicas, adiantou, hoje, a ministra da Saúde.

Apesar de o número de mortes ter duplicado (passou de seis para 12) e de os casos confirmados terem disparado para 1280 este sábado, mais 260 do que no dia anterior, a evolução epidemiológica no país aponta para “um abrandamento da inclinação da curva”, explicou Marta Temido na conferência de imprensa diária em que é efectuado o balanço da situação no país. Do total de casos positivos de covid-19, 12% dos casos permanecem hospitalizados, estando os restantes a ser acompanhados em casa — e esta continuará a ser a estratégia a seguir.

Já nos hospitais o “modelo de abordagem” aos doentes vai ser alterado na próxima semana. Os doentes com covid-19 vão ficar separados dos pacientes que não têm a doença. O modelo vai começar a ser aplicado a partir de quinta-feira para os serviços se adaptarem, especificou.

Sublinhando que a preocupação está sobretudo centrada nos mais idosos e mais vulneráveis, tendo em conta a experiência de Itália, Marta Temido disse ainda que os doentes nesta situação que forem transferidos de hospitais para lares devem ser sempre testados à chegada, de forma a garantir que não estão infectados e terão que ficar “o mais isolados possível” nestes estabelecimentos. “Temos que ser especialmente cuidadosos quando falamos de uma população que é mais frágil e com mais morbilidades associadas”, justificou.

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.