“Florbela” em Vila Viçosa

Por em 9 de Março de 2012

Vila Viçosa, berço de Florbela Espanca, assistiu no passado dia 2 de Março à antestreia de “Florbela”, o filme de Vicente Alves do Ó, livremente inspirado na vida da poetisa calipolense. Numa noite muito especial a protagonista Dalila Carmo que veste a pele de Florbela, Ivo Canelas que interpreta o papel de Apeles, irmão de “Bela”, o realizador Vicente Alves do Ó e a produtora Pandora Cunha Telles marcaram presença na primeira exibição do filme em Vila Viçosa e depositaram uma coroa de flores no busto da poetisa.

Devido à enorme procura e grande interesse demonstrado pelos Munícipes, a Câmara Municipal promoveu um total de sete exibições do filme – duas das quais realizadas especificamente para os alunos da Escola Secundária Públia Hortênsia de Castro -, assegurando assim que cerca de mil pessoas assistissem em Vila Viçosa à longa-metragem “Florbela”.

“Florbela” estreou-se ontem a 08 de março, Dia Internacional da Mulher, e tem exibição garantida em pelo menos 54 cidades, até ao final de maio.Do elenco do filme fazem ainda parte os atores Albano Jerónimo, Ivo Canelas, José Neves e Rita Loureiro.

No dia da antestreia alguns atores e o realizador participaram nas escolas locais, em sessões de poesia sobre Florbela Espanca. Produzido por Pandora Cunha Telles e distribuído pela Ukbar Filmes, esta produção sobre conta com o apoio do município de Vila Viçosa.

Florbela Espanca, autora do Livro de Mágoas, Livro de Soror Saudade, Charneca em Flor e Juvenília, considerada uma das mais brilhantes poetisas de língua portuguesa de todos os tempos, nasceu em Vila Viçosa a 08 de dezembro de 1894.

A poetisa faleceu em Matosinhos na noite de 07 para 08 de dezembro de 1930, com 36 anos, tendo sido sepultada naquela localidade nortenha. Os seus restos mortais repousam no cemitério de Vila Viçosa.

Prémio de Pintura Henrique Pousão 2012

A Câmara Municipal de Vila Viçosa promove uma nova edição do Prémio de Pintura Henrique Pousão, um concurso bianual que tem como principal objectivo estimular os artistas alentejanos e divulgar a identidade cultural e artística local.

Instituído em 1985 pelo Município de Vila Viçosa, este prémio representa já um galardão de referência no panorama da pintura, contribuindo de forma inequívoca para a evocação de Henrique Pousão, ilustre pintor de oitocentos e proeminente figura calipolense que marcou indelevelmente a arte portuguesa.

Ao Prémio de Pintura Henrique Pousão podem concorrer todos os artistas naturais e ou residentes no Alentejo, com o máximo de duas obras inéditas e originais, da sua exclusiva propriedade, sendo condição indispensável que não tenham sido apresentadas a nenhum outro prémio ou concurso e que não estejam incluídas em catálogos ou publicações

Os participantes têm total liberdade temática, admitindo-se todas as tendências e correntes estéticas, desde que se enquadrem na disciplina de pintura.

As obras a concurso devem ser assinadas e identificadas com o nome da obra no verso, acompanhadas por ficha de inscrição, a fornecer pelos serviços municipais, e entregues até ao dia 30 de Setembro de 2012 na Unidade Municipal de Educação, Património e Cultura da Câmara Municipal de Vila Viçosa.

O júri para apreciação dos trabalhos será constituído por três personalidades de reconhecida idoneidade intelectual, sendo um elemento designado pela Assembleia Municipal e os restantes pela Câmara Municipal.

O autor do quadro vencedor será distinguido com um prémio no valor pecuniário de 2.500 euros.

 

Sobre Redacção Registo

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.